O Tríduo Pascal (Preparação para a Pascoa do Senhor)

Com templos e igrejas cheias, católicos no mundo inteiro se preparam para celebrar, nestes próximos três dias, o Tríduo Pascal. “A Semana Santa, de modo especial, o Tríduo Pascal, é o centro de toda a celebração litúrgica anual, momento alto em que se celebra a Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor”. O Tríduo Pascal compreende a Quinta-Feira Santa, a Sexta-Feira Santa e o Sábado Santo e designa-se à preparação para a maior festa da Igreja, que é a Páscoa.

Quinta-Feira Santa
A Quinta-Feira Santa é marcada pela Instituição da Eucaristia, do Sacerdócio Ministerial e um dos gestos significativos dest e serviço é o lava-pés. “Lembrando o Senhor que serviu com sua vida e seu amor à humanidade. O Senhor do céu e da terra se humilha e lava os pés dos seus discípulos. Nós, também em nossa vida, independente da missão de cada um, somos chamados a servir com humildade os irmãos e irmãs.
Sexta-Feira Santa
A Sexta-Feira Santa, segundo momento do Tríduo, é o único dia do ano em que a Igreja Católica no mundo inteiro não celebra missas e comumente, nenhum sacramento. “Celebra a Paixão, Mort e e Sepultamento do Senhor. É o Servo Sofredor de quem nos lembra o profeta Isaías, que diz que tudo se realiza na pessoa de Jesus Cristo. A própria cerimônia tem preces universais pela Igreja e é marcada especialmente pelo beijo da Cruz”. O grande gesto de amor de Jesus Cristo é lembrado também através das celebrações da Via Sacra, procissões, caminhadas, encenações no meio de comunidades e paróquias, dentro de igrejas e principalmente pelas ruas. “Além de todo o relato da Paixão e Morte do Senhor, com a Via Sacra, a Procissão do Senhor Morto, à noite, lembra as figuras de Maria e Nicodemos, junto de mais alguns discípulos, que levaram o corpo de Jesus da cruz até a sepultura. A procissão pode ser silenciosa, para que nos unamos a todas as pessoas que hoje sofrem com a perda dos filhos, entes queridos e passam por este mesmo sofrimento”.
Sábado Santo
No Sábado Santo, ou Sábado de Aleluia, celebra-se o grande momento da Ressurreição do Senhor. “Quando a luz vence as trevas e a Ressurreição vence a Morte. Nossa esperança é renovada mais uma vez, de que Cristo ressuscitou e ressuscita e de que a vida vence a morte”. Nesta celebração, realizada na véspera do dia da Páscoa, acontece a Benção do Fogo Novo e da Água. “Quando da rocha sai a luz que ilumina a escuridão, pois o Cristo ressuscitou. A água nos lembra o Batismo, pelo qual somos purificados e nos tornamos filhos e filhas de Deus”.

A Programação do Tríduo Pascal (Triduum Paschal em latim) conjunto dos três dias celebrados no Cristianismo, composto pela Quinta-Feira Santa, Sexta-Feira Santa e Sábado Santo ou Sábado de Aleluia, acontecerão em nosso Santuário, Av. Dr. Arnaldo, 1831 – Metro: Fátima / Sumaré: Quinta-feira 20:30h (Instituição da Eucaristia e Lavapés), Sexta feira 15:00h (Celebração da Paixão e Morte de Jesus Cristo), 16:30h (Via Sacra) e 19:30h (Procissão Luminosa com Encenação da Paixão e Morte de Jesus Cristo no entorno do Santuário e dentro dele) e no Sábado Santo as 19:30h Solene Celebração da Vigilia da Ressureição (Celebração iniciada fora do Santuário: Benção do Fogo Novo, Procissão da Luz, Benção da Agua Batismal e Renovação das promessas do Batismo.

Domingo de Pascoa celebrações da Ressureição às 7:00h, 8:30h, 10:00h, 11:30 e 18:30h.

P A R T I C I P E

Comentários

Ainda não há comentários

Não há comentários para este post!

Deixe seu Comentário

Seu E-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Festa de maio

Área do Usuário

Pesquisa

Agenda Pastoral

Calendário Pastoral

Santos do Dia

Santo do Dia

São Paulino de Nola, bispo


Fale Conosco

Faça seu pedido de oração, intensões de missas, receba informativos por e-mail ou entre em contato conosco.
Restam caracteres a serem digitados.
Captcha image